Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘mato grosso do sul’

Capa do sítioweb Jornalismo - Prof. Gerson Martins

O sítioweb Jornalismo – Prof. Gerson Martins vai passar por uma reformulação geral, se adequará com as mais recentes tecnologias de publicação de textos e imagens e ainda terá atualização mais frequente. O objetivo do sítioweb, desde a primeira versão em 1998, é oferecer apoio aos estudantes de jornalismo como indicações de bibliografia, de portais na internet de interesse na área, notícias sobre jornalismo, indicação de eventos em jornalismo, fontes de pesquisa em jornalismo, além de oferecer fácil acesso às principais revistas e jornais em todo mundo.

Com o advento das redes sociais, protagonizada, principalmente, pelo Twitter, Facebook e Orkut, os blog’s foram deixados à margem. Muitos blogueiros que aderiram ao twitter não atualizam com a mesma frequencia o seu Blog. Esse fato também decorre das exigências de tempo para um texto mais longo e a possibilidade rápida e fácil para publicação de informações no twitter, principalmente pelo celular. A nova página de Jornalismo publicará as informações que seriam divulgadas pelo blog Redação Ciberjornalismo mantido pelo autor do sítioweb. Isso será possível graças ao novo formato para publicações, que facilitará a edição dos textos, das imagens e também do processo de publicação. A nova página na internet será um misto de portal e blog, com novo leiaut e com notícias publicadas de forma dinâmica.

Read Full Post »

Autora da pesquisa sobre ensino de ciberjornalismo, Catarine Sturza

Pesquisa sobre o ensino de ciberjornalismo nas universidades de Mato Grosso do Sul será apresentada durante o 9º Ciclo de Pesquisa em Ensino de Jornalismo que acontece em Recife (PE), entre os dias 21 e 23 de abril, no 13º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo. O evento é organizado pelo Fórum Nacional de Professores de Jornalismo e será realizado na Universidade Católica de Pernambuco.

A pesquisa foi desenvolvida pela acadêmica de jornalismo e participante do Grupo de Pesquisa em Ciberjornalismo (CIBERJOR) da UFMS, Catarine Sturza em projeto de Iniciação Científica, orientada pelo professor Dr. Gerson Luiz Martins. Foram aplicados questionários entre professores e alunos dos cursos de Jornalismo de quatro universidades e uma faculdade do estado, na UCDB, Unigran, UFMS, Uniderp e Estácio de Sá, entre os meses de fevereiro e maio de 2009.

O texto final da pesquisa, transformado em artigo científico, foi aprovado para apresentação no Grupo de Pesquisa Projetos Pedagógicos e Metodologias de Ensino, coordenado pelo professor da PUC do Rio de Janeiro, Leonel Aguiar.

Segundo o coordenador do CIBERJOR-UFMS, professor Dr. Gerson Luiz Martins, a pesquisa trata de um segundo momento do projeto nacional para levantar o estado da arte do ensino de ciberjornalismo no Brasil. A primeira pesquisa, também por meio do Programa de Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC, foi realizada no Rio Grande do Norte, em 2007, no Curso de Jornalismo da UFRN.

Read Full Post »

Prof. Dr. Mario Luiz Fernandes, membro da Comissão do Programa de Mestrado em Comunicação da UFMS

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPP) da UFMS constitui Comissão de professores do Departamento de Jornalismo da UFMS para trabalhar no projeto de criação do Curso de Mestrado em Comunicação da instituição. A Comissão, composta pelos professores Gerson Luiz Martins, Márcia Gomes e Mario Luiz Fernandes, tem até o dia 30 de abril para apresentar o primeiro esboço do projeto. A CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, órgão do Ministério da Educação que é responsável pela aprovação e regulamentação dos cursos de mestrado e doutorado, prorrogou o prazo para ingresso de novas propostas de mestrado até o dia 30 de junho.

O corpo de professores do Departamento de Jornalismo, integrado pelos doutores Daniela Ota, Gerson Luiz Martins, Greicy França, Marcelo Cancio, Marcia Gomes, Mario Fernandes e Mario Ramires, trabalham em reuniões diárias desde o dia 25 de março para montar o projeto. Na última semana, os professores fizeram reuniões diárias para formatar o Regimento do Programa de Mestrado em Comunicação.

Segundo o professor Dr. Mario Luiz Fernandes, a previsão que o texto final do projeto fique pronto até o final de maio, quando será entregue a PROPP/UFMS para parecer final e inscrição no portal da CAPES. Se o projeto for aprovado no decorrer deste ano, há probabilidade do curso iniciar em março de 2011.

Read Full Post »

O presidente da OAB-MS, Fábio Trad, confirmou nesta manhã a participação da OAB-MS no Colóquio “Direitos da Criança na Mídia” promovido pelo Comitê de Democratização da Comunicação de Mato Grosso do Sul. O evento está previsto para o mês de março de 2009 e vai debater os direitos da criança na programação das emissoras de rádio, TV, além das matérias nos jornais impressos e na internet no estado.

O Comitê de Democratização da Comunicação de Mato Grosso do Sul
é composto pelos representantes do Conselho Regional de Psicologia, Marco Aurélio Naveira; Sindicatos dos Jornalistas, Alexandre Maciel; Girassolidário, Ivanise Andrade; OAB-MS, Lairson Palermo; FNPJ, Gerson Luiz Martins e Ecomunicadores dos Matos, Yara Medeiros.


Read Full Post »

Reunião do Comitê de Democratização da Comunicação de Mato Grosso do Sul

Reunião do Comitê de Democratização da Comunicação de Mato Grosso do Sul

O Comitê Estadual de Democratização da Comunicação de Mato Grosso do Sul programou para o próximo ano, em março, a realização de um Seminário para marcar a sua instalação. O Seminário terá como tema “Direitos da Criança na Mídia”  e tem prevista a participação da psicóloga Ana Bocchi, representante do Conselho Regional de Psicologia; do jornalista Guilherme Canela, representante da Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi); de um representante da OAB-MS, além de um representante do Sindicato dos Jornalistas.

No Seminário também acontece o lançamento dos livros Políticas Públicas Sociais e os Desafios para o Jornalismo publicado pela Andi e Formação Superior em Jornalismo, organizado pela Fenaj.

A programação do Seminário prevê a realização de um painel para discutir o tema geral, no período da manhã e à tarde haverá oficinas sobre temas que tratam da democratização da comunicação.

O Comitê de Democratização da Comunicação de Mato Grosso do Sul é composto pelos representantes do Conselho Regional de Psicologia, Marco Aurélio Portocarrero Naveira; da OAB-MS, Lairson Palermo; do Sindicato dos Jornalistas, Clayton Sales e Alexandre Maciel; do Curso de Jornalismo da UFMS, Daniela Ota; do Curso de Jornalismo da UCDB, Jacir Zanata; da ong Educomunicadores dos Matos, Yara Medeiros; da ong Girassolidário, Juliana Feliz e do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo, Gerson Luiz Martins.

Read Full Post »

Posse da nova reitora da UFMS, Célia Oliverira e o ministro da Educação Fernando Haddad

Posse da nova reitora da UFMS, Célia Oliveira e o ministro da Educação Fernando Haddad

A professora Dra. Célia Oliveira tomou posse na manhã desta terça-feira, 18, como nova reitora da UFMS. O ato aconteceu em Brasília, no Ministério da Educação com a presença do ministro Fernando Haddad e da secretária de Educação Superior, Maria Paula Dallari Bucci.

Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do MEC, a nova reitora da UFMS destacou alguns pontos de sua administração, como melhorar o aproveitamento escolar e ampliar a permanência do aluno na universidade, especialmente nos campi distribuídos pelo estado e melhorar a infra-estrutura dos cursos de graduação e pós-graduação, ampliar o acervo da biblioteca e os laboratórios de pesquisas.

A nova reitora da UFMS também destacou ainda a criação da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, órgão que vai cuidar da vida do universitário. Segundo a reitora Célia Oliveira, esse cuidado vai da estrutura curricular dos cursos até o atendimento de saúde, moradia, permanência na instituição e programas de cultura e lazer. Para a reitora, a qualidade da formação do aluno tem a ver com a infra-estrutura de apoio que ele recebe da universidade.

De acordo com a nota do MEC, a secretária de Educação Superior do MEC, Maria Paula Dallari Bucci, ressaltou a crescente eleição de mulheres para o cargo máximo das universidades federais. Das 55 instituições, hoje sete são conduzidas por mulheres — além da UFMS, as universidades federais de Mato Grosso, Alagoas, Acre, do Estado do Rio de Janeiro, do Pampa e das Ciências da Saúde de Porto Alegre.

Read Full Post »

Manifestação em defesa do jornalismo realizado em Campo Grande (MS)

Manifestação em defesa do jornalismo realizado em Campo Grande (MS)

Do Boletim do Sindjor-MS

O abaixo-assinado em defesa do diploma de jornalismo como condição essencial para exercer a profissão acolheu 425 assinaturas de transeuntes na rua Barão do Rio Branco. No dia 27 de setembro, sábado, acadêmicos, professores e profissionais protestaram contra Recurso Extraordinário cujo julgamento está no mérito do Supremo Tribunal Federal (STF) para este semestre e estipula que qualquer pessoa, até mesmo sem ensino fundamental, poderá se tornar jornalista, em nome de uma suposta liberdade de expressão.

Durante a manifestação, as pessoas demonstraram interesse em debater a questão, exprimindo, em várias ocasiões, sua perplexidade com relação à possibilidade do jornalista profissional deixar de ser o legítimo representante social para o equilíbrio das verdades na sociedade.

O evento foi animado e contou até mesmo com canjas musicais acústicas. Os acadêmicos também se organizaram em grupo para colher assinaturas de cidadãos que circulavam em outros pontos do centro. Em seu discurso, o presidente do SindJor-MS, Clayton Sales, ressaltou que a luta pelo diploma é uma batalha da sociedade como um todo e não uma questão de classe e incentivou a democratização do livre debate sobre o assunto, que não tem sido devidamente proposto pela grande mídia.

A coleta de assinaturas continua e você pode contribuir. Acesse o link http://www.sindjorms.com.br/jornalismo/wp-content/assinepelodiploma.pdf imprima o abaixo-assinado e circule pela sua região. Depois, entregue as folhas preenchidas na sede do SindJor-MS. Todas as assinaturas serão enviadas à coordenação geral da campanha, encabeçada pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

Read Full Post »

Logos do MS Record e da TV Morena (Globo)

Logos do MS Record e da TV Morena (Globo)

Há alguns dias a TV Record Mato Grosso do Sul implementou o departamento de Jornalismo da emissora para atender uma exigência da matriz da Rede. Com objetivo claro de suplantar a líder em audiência no telejornalismo, a Rede Record obrigou a todas suas afiliadas a investir e organizar o telejornalismo local.

No caso da TV MS – Rede Record, que há muitos anos deixou o telejornalismo em quinto plano, por comodidade e sem qualquer interesse em investir no telejornalismo, a emissora de Campo Grande ofereceu e vendeu horários para produções independentes, além de abrir maior espaço para os pastores da IURD.

Com a determinação de Rede Record, a emissora de Mato Grosso do Sul contratou profissionais de diversas áreas, entre eles jornalistas, para organizar a programação de telejornalismo. Foram criados os telejornais MS Record 1, às 11h00, e MS Record 2, na edição da noite.

De qualquer forma, é sempre positivo e muito importante que o mercado do jornalismo em Campo Grande tenha mais opções de trabalho. A iniciativa da TV MS é importante, pois proporciona, não somente uma nova opção de telejornalismo, para sair do domínio da TV Morena (Globo), mas também abre oportunidades de trabalho para os jornalistas profissionais.

De outro lado, o que se vê na TV a cada dia é “mais do mesmo”. Os telejornais da TV Record MS simplesmente copiaram a fórmula e a estrutura da TV Morena, ou seja, da Globo. Ou essa fórmula é boa demais ou é pura falta de criatividade, medo de inovação e falta de integração com as escolas de jornalismo. Até o “Balcão de Empregos” foi copiado pelo telejornal da Record MS!

O público merece um telejornalismo inovador, diferente, é triste ver que os telejornais das duas emissoras (Record MS e Morena Globo) são idênticos. Não são semelhantes. São idênticos. Nesse panorama e perspectiva não haverá, por certo, crescimento e desenvolvimento do telejornalismo em Mato Grosso do Sul.

Read Full Post »

Elisa Romero, do Simted, e Luis Carlos Luciano, do Sinjorgran

Elisa Romero, do Simted e Luís Carlos Luciano, do Sinjorgran

Por Luiz Carlos Luciano

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais na Região da Grande Dourados (Sinjorgran) lançou, de forma simbólica, a campanha em defesa do diploma de jornalista em Dourados (MS) pelo Sindicato Municipal de Educação (Simted) no último dia 13 de agosto.

A coleta de assinaturas é realizada na cidade há mais de uma semana, a diretoria do Sinjorgran escolheu o Simted como início da mobilização por se tratar de um sindicato da educação. A presidenta da entidade, Eliza Romero, instalou uma banca para a coleta de assinaturas no sindicato, em apoio à campanha que, segundo ela considerou legítima.

O presidente do Sinjorgran, Luiz Carlos Luciano marcou para sexta-feira, 15, uma reunião com o coordenador do curso de Jornalismo da Unigran, Bruno Barreto, para discutir ação articulada entre o sindicato e a instituição para implementar a campanha entre os estudantes e professores de jornalismo e também para oferecer aos acadêmicos a possibilidade deles se filiarem ao Sinjorgran na condição de pré-sócio. A reforma estatutária do Sindicato realizada recentemente definiu a criação dessa categoria.

Foto: Karine Segatto

Read Full Post »

Estudantes ocupam reitoria da UFMS

Estudantes de vários cursos e campi da UFMS ocupam a reitoria da instituição desde o último dia 7 de agosto. A mobilização estudantil decorreu do processo eleitoral para escolha do novo reitor. Os estudante reivindicam, além da garantia do processo eleitoral, a paridade dos votos. Atualmente, os estudantes e funcionários representam 15% cada no processo eleitoral e os professores 70%.

O processo eleitoral vem se arrastando por mais de um semestre e foi cancelado pela Justiça devido a irregularidades no Conselho Universitário que definiu as normas.

O Conselho Universitário da UFMS, reunido no dia 7 de agosto, aprovou a realização das eleições (processo de consulta à comunidade universitária) para o dia 25 de agosto, segunda-feira, feriado prolongado em Campo Grande, pois na terça, dia 26 é comemorado o aniversário da cidade. Ainda na reunião do Conselho, foi reprovada a proposta de paridade dos votos entre professores, estudantes e técnicos administrativos.

Confira abaixo imagem com as reivindicações do movimento estudantil na UFMS:

Folheto com as reivindicações do movimento estudantil na UFMS

Confira também o Blog produzido pelo movimento de ocupação no endereço: http://ocupacaoufms.blogspot.com/

Read Full Post »

Older Posts »