Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘gjol’

Por Marcos Palacios

O Grupo A Tarde é a primeira empresa de comunicação do Brasil a utilizar um QR Code acompanhando matérias de uma publicação impressa. A novidade faz parte do projeto de convergência de mídias do grupo.

“O QR Code vai ajudar a suprir as necessidades de informação, proporcionar uma maior integração entre as mídias e a ampliação da interatividade com o público”, diz Sylvio Simões, diretor executivo do Grupo A Tarde. O QR Code (sigla do código 2D que significa Quick Response) é o primeiro passo para o acesso móvel. “O celular pode dar acesso à notícia em diversos formatos, em qualquer tempo e lugar”, diz Ranulfo Bocayuva, diretor executivo do grupo.
Para a editora-coordenadora de Jornalismo Integrado, Mariana Carneiro, A Tarde sai na frente ao oferecer o QR Code aos seus leitores. “No campo do jornalismo, não conhecemos nenhuma experiência semelhante no Brasil. Somos pioneiros nisso”, comemora.

O acesso ao QR Code é simples. O usuário precisa baixar um software da internet para o celular ou computador – no último caso, depois terá que fazer a transferência para o seu aparelho móvel. Existem alguns sites que já oferecem o aplicativo sem cobrar nada. E mais: que informam quais aparelhos funcionam com o programinha. Para acessar o QR Code, é preciso abrir o programa e enquadrar o código com a câmera do celular. O próprio programa orienta o enquadramento e faz a leitura, exibindo o conteúdo.

Segundo os dirigentes do jornal, o QR Code é o pontapé inicial para a oferta de novos serviços de informação móvel. Os códigos que aparecem nesta edição impressa já oferecem a possibilidade de navegar pelo mais recente mecanismo de comunicação e informação.

As informações são do jornalista Rodrigo Vilas Boas, de A Tarde.


Read Full Post »

BBC News

BBC News

Por Alberto Marques do Blog do GJOL

No jornalismo, checar as informações e apurar os dados é procedimento básico. Imaginem publicar informações do twitter sem essas rotinas? Foi o que fez a BBC ao utilizar os microbloges para noticiar os ataques a Mombaim (Mumbai). A velocidade dos acontecimentos, a necessidade de inovar e dar informação são alguns fatores que podem ter levado a BBC a cometer os erros.

Steve Herrmann, editor do BBC News, escreveu uma reflexão interessante sobre a cobertura. Vale a pena ler:
“Should we have checked this before reporting it? Made it clearer that we hadn’t? We certainly would have done if we’d wanted to include it in our news stories (we didn’t) or to carry it without attribution. In one sense, the very fact that this report was circulating online was one small detail of the story that day. But should we have tried to check it and then reported back later, if only to say that we hadn’t found any confirmation? I think in this case we should have, and we’ve learned a lesson. The truth is, we’re still finding out how best to process and relay such information in a fast-moving account like this”.

Read Full Post »

Prof. Dr. Marcos Palacios, coordenador do GJOL/UFBA

Prof. Dr. Marcos Palacios, coordenador do GJOL/UFBA

O coordenador do Grupo de Pesquisa em Jornalismo On Line (GJOL) da Faculdade de Comunicação da UFBA, professor Dr. Marcos Palacios foi contemplado com o Prêmio Adelmo Genro Filho na categoria Pesquisador Sênior.

O prêmio é organizado pela Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor) e se destina aos melhores trabalhos de pesquisa em Jornalismo em três categorias Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado, além de uma quarta categoria destinada a destacar o trabalho de um pesquisador como Pesquisador Sênior.

Conforme o texto de apresentação, pioneiro no Brasil, o GJOL desenvolve pesquisas em Ciberjornalismo desde 1995, conduzidas pelos professores Marcos Palacios e Elias Machado, dentro do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da FACOM / UFBA e como parte integrante do Centro de Estudos de Cibercultura.

Nos últimos 13 anos o trabalho dos pesquisadores do GJOL contribuiu de forma decisiva para consolidar a pesquisa sobre o jornalismo digital no pais. Principal referência brasileira na pesquisa do jornalismo digital, o GJOL mantém acordos de cooperação internacional com a Universidade Beira Interior, em Portugal com a Universidade do Texas, nos Estados Unidos, com a Universidade Nacional de Córdoba, Argentina, Instituto Tecnológico de Monterrey, México, com a Universidade de Havana, Cuba, Universidade de Lille, na França, Universidade de Rosário, Argentina, Universidade Austral, Argentina e Universidade de Villa
Maria, Argentina e com a Universidade de Vic, na Espanha.

Read Full Post »