Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Uncategorized’ Category


A Federação Nacional dos Jornalistas – Fenaj divulgou nota sobre nova ofensiva do Governo Federal contra os profissionais jornalistas. Leia a íntegra da nota abaixo:

Nota Oficial

Sob pressão das redes de TV, governo prepara mais um golpe contra os jornalistas
Dois interlocutores diferentes do governo, o ministro Walfrido dos Mares Guia e o senador Romero Jucá, declararam ontem, 09/05, que está em gestação uma proposta que dará um “tratamento diferenciado” para as empresas prestadoras de serviços formadas por jornalistas, radialistas e artistas no texto do projeto de lei enviado ao Congresso Nacional para substituir a nefasta emenda 3, vetada pelo presidente Lula. Essa emenda foi incluída na lei que criou a Super-Receita pelo ex-senador Ney Suassuna, a pedido dos empresários, em especial das redes de televisão, para fraudar as relações de emprego.
Se não fosse vetada, os auditores fiscais estariam proibidos de multar e até desconstituir as empresas, se julgassem que o contrato de prestação de serviços apenas disfarçava uma relação de emprego. O trabalhador é forçado a se tornar pessoa jurídica (PJ) e a emitir nota fiscal, como se fosse uma empresa. Deixa de receber 13º, férias remuneradas, FGTS, vale-transporte, vale-refeição, assistência médica e aposentadoria. Pela emenda 3, só a Justiça do Trabalho poderia interferir no contrato e nas operações do profissional constituído como pessoa jurídica.
Se confirmadas as declarações dos líderes governistas, significa mais um violento ataque à organização da nossa categoria e aos direitos dos trabalhadores brasileiros. Essa proposta além de expropriar direitos trabalhistas, desfalca a receita e a previdência social e legitima a fraude nos contratos de trabalho.
Estranha especialmente à Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), tais declarações, porque contradizem posição manifestada pelo ministro Guido Mantega e pelo Secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, em audiência com a Federação e diversos presidentes de Sindicatos de Jornalistas, no último dia 04 de abril. O governo não pode, mais uma vez, humilhar-se e submeter-se à pressão e às vontades de um punhado de empresários que controlam meia dúzia de redes de televisão.
A FENAJ denuncia essa clara tentativa de dividir os trabalhadores e conclama toda a categoria a repudiar mais esse atentado à profissão e a participar ativamente das manifestações organizadas pelos Sindicatos, pela CUT e dezenas de outras entidades e movimentos sociais que lutam contra a derrubada do veto presidencial. Precisamos enfrentar o lobby dos donos da mídia que mais uma vez age para desorganizar os jornalistas e furtar direitos dos trabalhadores brasileiros. A nossa precarização é desinformação da sociedade.
Brasília, 10 de maio de 2007.
Diretoria da FENAJ

Read Full Post »


Após uma década de perdas salariais acumuladas os professores da Universidade Estadual de Ponta Grossa, repudiaram a proposta de reajuste de 6,57% proposto pelo governo do Estado do Paraná que, no entendimento dos professores, ilustra a política de desvalorização e a crescente precarização do trabalho docente nas universidades paranaenses.
Além do vergonhoso índice de reajuste que impõe aos professores uma pena progressiva de perdas salariais, os docentes vivem uma contínua deterioração das condições de trabalho. Por causa disso, só nos últimos quatro anos, cerca de 500 mestres e doutores abandonaram o estado do Paraná para buscar condições melhores em outros estados.
Nos últimos dez anos houve um grande aumento do número de alunos sem a correspondente contratação de professores e funcionários. O resultado é preocupante: alunos sem aulas, contratação generalizada de professores temporários, departamentos sem funcionários e sobrecarga de tarefas burocráticas para os professores efetivos. Assim, ocorre um aumento contínuo da intensificação do trabalho e de extensão da jornada diária do trabalho docente.
A quem interessa tal degradação da educação superior no Paraná? Esta situação provoca descontentamento, doença, sofrimento, conflitos de toda ordem no cotidiano do professor. Ainda assim, os professores não são os maiores prejudicados, há um custo social incalculável. Quem mais perde com tudo isso são as famílias paranaenses que tanto lutam por uma formação de qualidade para seus filhos e pelo verdadeiro desenvolvimento do Paraná.
A precarização do trabalho dos docentes prejudica a qualidade das aulas e a produção científica e isso afeta toda a sociedade. Mais do que denunciar a grave situação em que se encontram as universidades paranaenses, os professores querem um compromisso por parte do Governo do Estado do Paraná para solucionar a defasagem salarial, o financiamento da pesquisa, a melhoria da estrutura universitária e a qualidade do ensino superior no estado.
Por isso, é importante o apoio da população, das entidades sociais, representantes parlamentares e de todos os contribuintes que acreditam no potencial e na contribuição das nossas Universidades Públicas! O indicativo de greve, aprovado pela Assembléia dos Professores da UEPG no último dia 2 de maio, é uma resposta à política do Governo do Estado.

Por Sergio Gadini

Read Full Post »


Na surdina a TAM diminuiu o espaço entre as poltronas nas principais aeronaves da empresa. Nos A-319 e A-320 o espaço entre as poltronas não permite mais o uso de notebooks. Quando o passageiro na sua frente reclina a poltrona, o que fica na poltrona de trás terá que, literalmente, cheirar a cabeça do colega da frente, isso não ter seu nariz achatado pela poltrona.

Não interessa o conforto do passageiro. Interessa faturar mais. E é isso o que a TAM está a fazer.

Read Full Post »


O comércio ilegal de produtos importados invade o país. Ele está nas barbas do governo federal em Brasília, onde está localizado uma grande feira, a chamada “feira do paraguai”. O espaço foi “regulamentado” pelo governo do Distrito Federal que criou uma estrutura de prédio, instalações elétricas, hidráulicas, de telefonia para que os comerciantes pudessem vender o produto de contrabando. O mesmo governo que apreende mercadorias em vários estados, que “fiscaliza” a ponte da amizade em Foz do Iguaçu, não coibi e tampouco fiscaliza o comércio ilegal na feira.
Em São Paulo, em pleno coração financeiro do país, na avenida Paulista e ao lado do ícone do empresariado brasileiro, a Fiesp, estão inúmeros “shopping’s” que comercializam produtos importados, contrabandeados. Os negociantes, “lojistas” não fornecem nota fiscal e tampouco declaram rendimentos. É impressionante a quantidade de “shopping’s” de produtos importados na avenida Paulista. Um após o outro.
Bom para o consumidor. Tem produtos importados, nem sempre de boa origem ou de origem duvidosa, a preços muito acessíveis. O consumidor paulistano, e muitos brasileiros em passagem por São Paulo, conseguem adquirir produtos da elite a preços, literalmente, de banana, em gênero e qualidade.

Read Full Post »


O Departamento de Comunicação da UFRN submeteu na última sexta-feira, 30 de março, para a Capes o projeto para criação do Mestrado em Comunicação. Conforme a professora Maria da Graça Coelho, foram quase 30 dias de intenso trabalho para ajustar todos os documentos conforme as normas da Capes.

Em 14 de novembro de 2006, a direção do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da UFRN publicou a Portaria n° 076/2006 em que constitui a Comissão encarregada de apresentar relatório do Projeto de criação do Programa de Pós-Graduação stricto-sensu em Comunicação Social. A Comissão foi composta pelos professores Dra. Maria das Graças Pinto Coelho (presidente), Dr. Gerson Luiz Martins, Dr. Marcelo Bolshaw e Dra. Maria Érica de Oliveira Lima.

Depois de um trabalho intenso dos professores Marcelo Bolshaw, Adriano Gomes, Maria Érica Lima e Graça Pinto o projeto foi encaminhado ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRN, para ser encaminhado à Capes. A comissão vai aguardar agora o parecer da Capes que deverá ser emitido nos próximos meses.

Read Full Post »


A diretoria do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo organizou, para o 10º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo, uma sessão sobre a pós-graduação stricto-sensu em jornalismo. Participam da sessão representante do recém criado Mestrado em Jornalismo da UFSC, do Programa de Pós-Graduação em Comunciação da UnB e da Faculdade de Comunicação da UFG.

A proposta para realizar essa Sessão foi do professor do Curso de Jornalismo da UFSC, Dr. Eduardo Meditsch e tem como objetivo debater como a pós-graduação stricto-sensu contribui para a formação do professor de jornalismo. A sessão substitui o Painel 1 – Panorama ibero-americano do ensino de jornalismo devido a não confirmação dos convidados do painel e acontece no dia 28 de abril, às 10h30, na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, em Goiânia.

Mais informações no sítio do FNPJ, no endereço: www.fnpj.org.br.

Read Full Post »

O Departamento de Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza, entre os dias 9 e 13 de abril, a 9ª Semana de Comunicação. O evento terá a participação do professor Dr. José Marques de Melo que fará palestra com o tema “Folkcomunicação: da periferia ao ciberespaço”, no dia 12 de abril, quinta-feira, às 20h00, no auditório da FIERN. A palestra faz parte das comemorações dos 40 anos daFolkcomunicação, disciplina esboçada na tese de doutoramento de Luiz Beltrão, na Universidade de Brasília, em 1967. O evento também faz parte do Seminário Intercom’30, programação comemorativa dos 30 anos de fundação da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.

Na quarta-feira, 11 de abril, a 9ª Semana de Comunicação da UFRN terá a presença do professor Dr. Ciro Marcondes Filho, da Escola de Comunicações e Artes da USP. Na sexta-feira, 13 de abril, faz palestra o gerente de jornalismo da EPTV-Campinas, Duílio Fabri Júnior. Ele fala sobre “Televisão regional e convergência de mídias”.

Além das palestras o programa prevê a realização de diversas oficinas e ainda um encontro de estudantes de comunicação.

Confira a programação geral da 9ª Semana de Comunicação da UFRN:

Data: 09 de abril de 2007 (segunda-feira)

Manhã

Atividade: Oficina Direção de Programas de Televisão
Assunto: A função do diretor como líder de equipes e seu papel como
profissional multidisciplinar.
Coordenador: Prof. José Carlos Aronchi
Hora: das 10h00 às 11h00
Local: Auditório LabCom
Professor responsável: José Carlos Aronchi

Tarde

Atividade: Oficina – Jornalismo Online
Coordenador: Estella Dantas
Hora: das 14h00 às 16h00
Local:
Professor responsável: Gerson Martins

Atividade: Oficina – Rádio “Programa Toque de Rádio”
Coordenador: Francisco Júnior e Mônica
Hora: das 14h00 às 17h00
Local: Labcom
Professor responsável: Adriano Gomes

Noite:

Atividade: Oficina
Assunto: Roteiro para cinema
Coordenador: Felipe Carrodeguas
Hora: das 19h30 às 20h30
Local: Auditório Labcom
Professor responsável: Itamar Nobre

Data: 10 de abril de 2007 (terça-feira)

Manhã

Atividade: Oficina Direção de Programas de Televisão
Assunto: A função do diretor como líder de equipes e seu papel como
profissional multidisciplinar.
Coordenador: Prof. Aronchi
Hora: das 14h00 às 16h00
Local: Auditório LabCom
Professor responsável: Aronchi

Tarde

Atividade: Oficina – Jornalismo Online
Coordenador: Estella Dantas
Hora: das 14h00 às 16h00
Local:
Professor responsável: Gerson Martins

Atividade: Oficina – Rádio “Programa Toque de Rádio”
Coordenador: Francisco Júnior e Mônica
Hora: das 14h00 às 17h00
Local: Labcom
Professor responsável: Adriano Gomes

Noite

Atividade: Oficina
Assunto: Roteiro para cinema
Coordenador: Felipe Carrodeguas
Hora: das 19h30 às 20h30
Local: Auditório Labcom
Professor responsável: Itamar Nobre

Data: 11 de abril de 2007 (quarta-feira)

Manhã

Atividade: Oficina: “Expedição urbana. Técnicas etnográficas aplicadas ao Jornalismo”
Coordenador: Profa. Dra. Rose de Melo Rocha (ESPM/SP)
Hora: das 10h00 às 12h00
Local:
Professor responsável: Josimey Costa

Atividade: Oficina
Assunto: Roteiro para cinema
Coordenador: Felipe Carrodeguas
Hora: das 10h30 às 12h30
Local: Auditório Labcom
Professor responsável: Itamar Nobre

Tarde

Atividade: Oficina – Jornalismo Online
Coordenador: Estella Dantas (UnP)
Hora: das 10h00 às 12h00
Local:
Professor responsável: Gerson Martins

Atividade: Oficina – Rádio “Programa Toque de Rádio”
Coordenador: Francisco Júnior e Mônica
Hora: das 14h00 às 17h00
Local: Labcom
Professor responsável: Adriano Gomes

Atividade: Encontro dos Estudantes de Comunicação
Coordenador: Estudantes (Bruno Moura)
Hora: das 14h00 às 18h00
Local: Auditório do Labcom

Noite

Atividade: Palestra com Ciro Marcondes Filho (USP)
Tema:
Hora: 20h00 às 21h30
Local: Auditório Casa da Indústria
Professor Responsável: Josimey Costa

Data: 12 de abril de 2007 (quinta-feira)

Manhã

Atividade: Oficina: “Expedição urbana. Técnicas etnográficas aplicadas ao Jornalismo”
Coordenador: Profa. Dra. Rose de Melo Rocha (ESPM/SP)
Hora: das 10h00 às 12h00
Local:
Professor responsável: Josimey Costa

Atividade: Oficina
Assunto: Roteiro para cinema
Coordenador: Felipe Carrodeguas
Hora: das 10h30 às 12h00
Local: Auditório Labcom
Professor responsável: Itamar Nobre

Tarde:

Atividade: Oficina – Jornalismo Online
Coordenador: Estella Dantas
Hora: das 14h00 às 17h00
Local:
Professor responsável: Gerson Martins

Atividade: Mostra de Curtas e Oficina Knoforum /SP 2006
Assunto: Curtas da disciplina Sociologia da Comunicação
Hora: das 14h00 às 18h00
Local: Auditório Labcom
Professor responsável: Josimey Costa

Noite

Atividade: Abertura oficial da Semana de Comunicação.
Palestra: “Folkcomunicação: da periferia ao ciberespaço” – Evento em comemoração aos 40 anos da Folkcomunicação, disciplina esboçada na tese de doutoramento de Luiz Beltrão (Universidade de Brasília, 1967). Evento ligado ao Seminário INTERCOM`30:
Programação comemorativa dos 30 anos de fundação da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.
Palestrante: Prof. Dr. José Marques de Melo (Intercom, Cátedra Unesco/Metodista)
Hora: 20h00 às 21h00
Local: Auditório Casa da Indústria

Data: 13 de abril de 2007 (sexta-feira)

Manhã

Atividade: Oficina: “Expedição urbana. Técnicas etnográficas aplicadas ao Jornalismo”
Coordenador: Profa. Dra. Rose de Melo Rocha (ESPM/SP)
Hora: das 10h00 às 12h00
Local:
Professor responsável: Josimey Costa

Atividade: Visita Histórica
Hora: 10h00
Itinerário da Folkcomunicação: Diálogo Beltrão-Cascudo
Coordenadora: Maria Érica Oliveira Lima
Local: Memorial Câmara Cascudo

Tarde

Atividade: Palestra Dra. Betânia Maciel (UFRPE)
Hora: 14h00
Palestra: A Rede Folkcomunicação
Local: Auditório Labcom / DECOM / UFRN
Professor Responsável: Maria Érica

Atividade: Palestra Prof. Dr. Osvaldo Trigueiro (UFPB)
Hora: 15h00
Palestra: A pesquisa em Folkcomunicação
Local: Auditório Labcom
Professor Responsável: Maria Érica

Hora: 16h00
Atividade: Mostra de vídeo-documentário
Obra: “Ver & entender: Folkcomunicação” e “Biografia de Luiz Beltrão”.
Coordenador: Prof. Dr. José Carlos Aronchi
Local: Auditório Labcom / DECOM / UFRN

Atividade: Mostra de Curtas Europeus
Assunto: Curtas e debate com os alunos
Coordenador: Profa. Maria Érica
Hora: das 17h00 às 18h00
Local: Auditório LabCom
Professor responsável: Profa. Maria Érica

Noite

Atividade: Palestra – “Televisão regional e convergência das mídias”
Palestrante: Duílio Fabri Júnior (Gerente de Jornalismo da EPTV-Campinas, Prof. Fapacamp)
Hora: 20h00 às 21h00
Local: Auditório Casa da Indústria/FIERN
Professor responsável: Maria Érica

Read Full Post »


O INEP, instituição responsável pelo Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (SINAES), convocou para os dias 29 e 30 de janeiro o Grupo Básico de Multiplicadores para avaliar os primeiros processos de capacitação de avaliadores de curso e institucionais. O Grupo é composto de especialistas na área de avaliação e é responsável pela capacitação dos professores do Banco de Avaliadores do Sinaes – BASis. O BASis é o cadastro de professores que realizam os processos de avaliação. A composição do BASis é pública e foi divulgada no Diário Oficial da União por meio da Portaria MEC nº 1751 de 27 de outubro de 2006.

O processo de capacitação deve ser retomado com diversos cursos a serem aplicados nas principais capitais do país. Segundo informações do INEP, as avaliações de cursos e institucionais, conforme o novo modelo programado pelo Sinaes, deverá ter início no mês de março.

Read Full Post »

E a crise aérea continua!

E a crise aérea continua!
A despeito da mídia divulgar uma certa normalidade, no interior das salas de embarque não é o que se verifica.
Atrasos de mais de 2 horas são contumazes. Até por orientação da mesma mídia, os passageiros começam a exigir seus direitos. Depois de duas horas de atraso os passageiros têm direito a refeição. Depois de quatro horas, direito a acomodação em hotel com todas as despesas pagas.

Nos céus do Brasil pode-se perceber o quanto os vôos saem atrasados. Em capitais menores, vôos que deveriam sair no final da madrugada, decolam depois das 8 horas.

Read Full Post »


O TRE-RN determinou que a InterTV Cabugi, afiliada da Globo no Rio Grande do Norte, suspendesse o sinal por descumprimento de ordem judicial. Segundo o Blog de Thaisa Galvao, “somente às 17h00 o sinal da InterTV Cabugi foi cortado, por determinação da justiça eleitoral.
A sentença do juiz Raimundo Carlyle foi entregue à direção da emissora às 13h00, determinando que o sinal fosse cortado às 15h00. Como a emissora permaneceu com sua programação nornal, o juiz pediu reforço federal. Policiais federais foram à sede da emissora para exigir o cumprimento da lei”.

Ainda segundo o Blog de Thaisa Galvão, “mesmo fora do ar, Cabugi exibirá propaganda eleitoral e debate entre os presidenciáveis. Significa que a emissora permanece fora do ar mas, como responsável pela geração da propaganda eleitoral, exibirá os programas eleitorais. Depois corta o sinal e retoma às 22h30 para exibir o debate. Em seguida sair do ar mais uma vez e só retorna amanhã, às 17h00”.

O Blog informou ainda que “o advogado da coligação Vitória do Povo, Erick Pereira, explicou agora que a InterTV Cabugi só está fora do ar “porque o marketing de Garibaldi enviou à emissora um programa contendo propaganda ilegal”. Para Erick, se o marketing tivesse acatado a primeira sentença do juiz Raimundo Carlyle, determinando que não exibisse programa com participações de Antônio Jácome, Ricardo Motta e Adão Eridan, a emissora não teria sido punida.”

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »