Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \14\+00:00 2007


A Chapa Diálogo, liderada pelo professor Carlos Eduardo Franciscato, é a única inscrita para as eleições de renovação da diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo – SBPJor. A votação acontece durante o 5º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo, em Aracajú, entre os dias 15 e 17 de novembro.

Segundo o Programa divulgado, a Chapa pretende dar continuidade nas ações da atual diretoria, além de atuar no fortalecimento do “estatuto disciplinar” da área de jornalismo, base para o reconhecimento científico da área. O programa ainda reforça a necessidade do diálogo com as demais entidades do campo da comunicação e “pela valorização da diversidade e reconhecimento às especificidades da área”.

A Chapa Diálogo é composta pelos seguintes pesquisadores:
Presidente: Carlos Eduardo FranciscatoUFS
Vice-presidente: Claudia QuadrosUTP
Diretora Científica: Márcia BenettiUFRGS
Diretora Administrativa: Claudia LagoAnhembi-Morumbi
Diretora Editorial: Tattiana TeixeiraUFSC

Conselho Administrativo:
Kênia Maia – UFRN
Márcia Amaral – UFSM
Rogério Christofoletti – Univali

Conselho Científico:
Alzira Abreu – FGV
Antonio Hohlfeldt – PUC-RS
Francisco Karam – UFSC
Guilherme Rezende – UFSJ
José Salvador Faro – Umesp
Sonia Virginia Moreira – UERJ
Zélia Leal Adghirni – UnB

Mais informações no sítio web da SBPJor, no endereço: www.sbpjor.org.br.

Read Full Post »


Os professores de jornalismo do Paraná e de Santa Catarina, reunidos durante o 3º Encontro de Professores de Jornalismo do Paraná e 1º Encontro de Professores de Jornalismo de Santa Catarina, divulgaram na última terça-feira a Carta de Guarapuava com os pontos e temas resultado dos debates ocorridos no evento. Segundo o Diretor Regional Sul do FNPJ, Sérgio Gadini, a próxima edição do Encontro PR-SC acontece no IELUSC, em Joinville/SC, em princípio no mês de outubro de 2008, com apoio do SJPPR e SJPSC.

Confira os principais resultados do evento que teve abertura com conferência do jornalista Marcelo Beraba da Folha de São Paulo.

Plenária Final

– Próxima edição do Encontro PR-SC acontece no IELUSC, em Joinville/SC, em princípio no mês de outubro de 2008, com apoio do SJPPR e SJPSC. Ficou aprovado o indicativo de que, a partir do próximo Encontro, será avaliada a possibilidade de realizar o evento a cada dois anos.

– Memória bibliográfica (digital, impressa, talvez em vídeo) dos 10 anos do FNPJ. Reitor da UNICENTRO se dispôs a custear impressão da publicação. Proposta a ser apresentada ao FNPJ. Sistematizar uma versão inicial para apresentar no Encontro Nacional (abril 08). Juntar fotos, vídeos, textos (tanto de palestras quanto de papers, cartas, manifestos, documentos etc) para elaborar uma prévia. Um grupo formado pelos professores Tomas (UNICENP), Rozinaldo (UEL) e Márcio (UNICENTRO) ficou de pensar um proposta para edição.

GT Impressos (Tomás): 5 trabalhos
GT Produção Laboratorial Eletrônicos (Ana Paula): 4 trabalhos
GT Pesquisa na Graduação (Rozinaldo): 7 trabalhos
GT Extensão (Zaclis) e GT Ética no Ensino (Elisa): 9 trabalhos
GT Projetos Pedagógicos e Metodologias do Ensino (Márcio): 6 trabalhos

Após discussões, ficou aprovado que os trabalhos apresentados por estudantes devem ter um professor, não apenas como co-autor, mas presente no momento da apresentação. Sugeriu-se, ainda, que os autores devem apresentar apenas um trabalho, evitando o deslocamento de participantes entre diferentes GTs. Não se trata de excluir os estudantes, mas de comprometer os professores, seja na produção autoral, quanto na apresentação e, pois, no debate que o evento deve propiciar. Tal decisão já considera que a orientação do FNPJ é de apenas um trabalho no evento, com texto completo, podendo ser em co-autoria e, pois, com a participação de estudantes, uma vez que muitos dos referidos trabalhos são resultados, parciais ou conclusivos de pesquisa realizada. Foi aprovado, ainda, que os trabalhos devem ser enviados na íntegra e não em duas etapas, resumo e depois o texto completo. Quanto ao sistema, a coordenação do evento em 2007 sugere que o mesmo seja revisto.

Foi aprovado, também por unanimidade, a junção dos GTs de Impressos e Produção Laboratorial Eletrônicos num único grupo. Sugeriu-se, ainda, a indicação, ao FNPJ, de valorização do GT de Extensão, dado a importância e desafio em aliar ensino com atividades de extensão como possibilidade de qualificar o ensino. É fundamental prestigiar o GT de Extensão. E aí também é importante a participação dos estudantes envolvidos nos referidos trabalhos. As coordenações de GTs ficaram com as mesmas indicações vigentes. Os atuais coordenadores, no entanto, indicaram que, caso algum docente do IELUSC, que vai sediar a próxima edição do Encontro, tenha disposição, a troca poderá ser feita pela lista de discussão ou por e-mail. O representante do SJPPR, que integra a Comissão Nacional em Defesa da Obrigatoriedade do Diploma para o exercício do Jornalismo, solicitou apoio dos participantes no Encontro. Proposta que foi aceita por unanimidade.

Carta de Guarapuava

Os professores e estudantes presentes no III Encontro Paranaense de Professores de Jornalismo e I Encontro de Professores de Jornalismo PR-SC, eventos realizados, simultaneamente, em Guarapuava-PR, entre os dias 5 e 6 de outubro de 2007, reafirmam o compromisso em defesa da qualidade do ensino e, pois, a uma formação profissional em sintonia com demandas sociais de informação, sem ficar restritos à lógica do mercado. O questionamento ao sistema de avaliação do ensino superior (SINAES) é um dos pontos que os professores precisam discutir, inclusive para pensar formas de cobrar dos órgãos governamentais responsáveis e, ao mesmo tempo, buscar mecanismos paralelos e próprios de avaliação em Jornalismo, seja do ponto de vista das instituições que ofertam cursos como também do nível de ensino e formação profissional. Por fim, os participantes ratificaram a defesa da obrigatoriedade do diploma para o exercício em jornalismo, como uma das formas de legitimar a produção de uma informação de qualidade e efetivamente preocupada com as lutas sociais, demandas da informação e ampla defesa da condição de cidadania.

Guarapuava, 6 de outubro de 2007.

———————–
Foto: Representante do Sindijor-PR, Márcio Rodrigues; Reitor da Unicentro, Vitor Hugo Zanette; Presidente do FNPJ, Gerson Luiz Martins e Coordenadora do Curso de Jornalismo da Unicentro, Elisa Leonardi.

Read Full Post »


Do sítio da BBC Brasil, por Daniela Fernandes

O internauta, parisiense ou turista, poderá utilizar o sistema durante os horários de abertura desses locais, mas em alguns lugares, como a esplanada da prefeitura ou o Champs de Mars, onde está situada a Torre Eiffel, o serviço vai funcionar continuadamente.
Segundo a prefeitura, o objetivo é transformar Paris em “uma cidade de ponta na área de comunicação digital”, ampliando o sistema de conexões de alta velocidade e oferecendo também um “serviço de internet universal”.
Para usufruir da internet sem fio, basta ir a uma das áreas identificadas com placas ou cartazes, e se aproximar do ponto de acesso. Alguns locais possuem vários pontos de conexão, que totalizam 400 em toda a cidade.

Disputa judicial

O projeto custou 1,7 milhão de euros (cerca de R$ 4,4 milhões) e as despesas com manutenção anual do sistema devem ser de 500 mil euros (cerca de R$ 1,3 milhão).
O programa, no entanto, resultou numa disputa judicial entre a prefeitura e a estatal France Télécom, que instalou 3 mil pontos de conexão sem fio pagos na capital francesa.
A France Télécom entrou com uma ação em um tribunal administrativo com o objetivo de impedir a oferta do serviço, alegando que a iniciativa desrespeita a lei das coletividades territoriais.
Esta legislação prevê que uma prefeitura não pode entrar em concorrência com operadores, a não ser que a oferta privada seja insuficiente.
A prefeitura de Paris argumenta em sua defesa que o sistema não cobre toda a cidade, mas oferece apenas alguns pontos de conexão em locais precisos.
A licitação, lançada em 2006, foi vencida pelo operador de telefonia celular SFR, que garante a conexão, e pela Alcatel-Lucent, que forneceu os equipamentos.
Também estão sendo realizados testes para desenvolver um mobiliário urbano adaptado ao uso da internet, com bancos e cadeiras que tenham pranchas para colocar o computador e tomadas alimentadas por energia solar.
O site pariswifi.fr informa sobre os locais onde o serviço está disponível. O prefeito de Paris, Bertrand Delanoë, que anunciou que vai concorrer nas eleições municipais de 2008 poderá, com a internet sem fio gratuita, engordar a lista de ações que o popularizaram, como a “Paris Plage”, a “praia” que é criada no centro de Paris no verão, e o Vélib, serviço de aluguel de bicicletas lançado em julho e que já atraiu milhões de usuários.

Read Full Post »


A 13ª Semana de Ciência e Tecnologia da UFRN abriu, nesta quarta-feira, 3 de outubro, com a primeira fase do 18º Congresso de Iniciação Científica da universidade. A Cientec é uma atividade que reúne feira de ciência e tecnologia, congresso de iniciação científica e inúmeros projetos de extensão e de ensino da UFRN. O evento termina na sexta-feira, 5 de outubro com dezenas de atividades paralelas.

A Praça Cívica do Campus da UFRN (foto) concentra a maioria dos eventos e é o local onde a Cientec pulsa com maior intensidade.

A abertura oficial do evento e do 18º Congresso de Iniciação Científica aconteceu na terça-feira, às 19h, no auditório da Reitoria. O secretário de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental, do Ministério do Meio Ambiente, Hamilton Pereira da Silva, fez palestra de abertura Conhecimento, Ambiente, Vida, tema central da CIENTEC 2007.

Informações sobre a 13ª Cientec no endereço: www.cientec.ufrn.br.

Read Full Post »


A superintendencia de comunicação da UFRN promove, nesta quinta-feira, 4 de outubro, Seminário Novas Mídias Digitais: Impactos e Tendências. O evento faz parte das atividades da 13º Cientec – Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Segundo informações da Agência de Comunicação da UFRN, a abertura acontece às 9hoo, e terá as presenças da pró-reitora de Graduação, professora Virgínia Dantas de Araújo, da diretora de Relacionamento com Universidades do Universia Brasil, Mônica Miglio, e da superintendente de Comunicação da UFRN, professora Josimey Costa (foto). Às 9h45, haverá o primeiro painel sobre Educação a distância e o vídeo na era digital, com as professoras da UFRN, Mirian Moema Filgueira Pinheiro, do Departamento de Comunicação Social, e Vera Lúcia Amaral, secretária de Educação a Distância.

À tarde, a partir das 14h, o professor Guido Lemos, da Universidade Federal da Paraíba, abre o segundo painel, sobre Middleware. Em seguida, um debate com o tema Tecnologia e novos formatos para TV Digital, com os professores José Carlos Aronchi de Souza, do Departamento de Comunicação Social, e Assis Carlos Fernandes, do Departamento de Engenharia Elétrica.

Foto: Profa. Dra. Josimey Costa, superintendente de comunicação da UFRN

Read Full Post »


A Coordenação Local do 3º Encontro Paulista de Professores de Jornalismo, que acontece na Unimep nos dias 19 e 20 de outubro, decidiu abrir a possibilidade de participação de estudantes de jornalismo no evento. Ao todo serão disponibilizadas 100 vagas nesta categoria.

A iniciativa levou em conta a decisão tomada no 10º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo, promovido pelo FNPJ (Fórum Nacional de Professores de Jornalismo) em abril deste ano, que facultou aos encontros estaduais permitir a participação de estudantes da área nos eventos. O próprio Encontro Nacional contou com presença significativa de alunos.

A taxa de inscrição para os alunos será a mesma cobrada dos demais participantes não sócios do FNPJ, ou seja, R$ 25,00, e a inscrição deverá ser feita no site do evento. Os alunos poderão participar de todas as atividades do Encontro (conferência de abertura, mesa-redonda e grupos de trabalho), exceto o Encontro de Coordenadores de Curso (sexta-feira à tarde) e a assembléia de encerramento (sábado às 17h00).

As inscrições podem ser feitas até o dia 18/10 e as vagas são limitadas (100).

Mais informações e inscrições: www.fnpj.org.br/3eppj
Fones: (19) 3124.1676 – 3124.1677
E-mail: 3eppj@fnpj.org.br

—————–
Foto: Prof. Paulo Roberto Botão, coordenador do 3º Encontro Paulista de Professores de Jornalismo.

Read Full Post »


Foto publicada pelo Blog MacMagazine revela em que condições os estudantes de jornalismo da Universidade do Missouri (Missouri School of Journalism) trabalham. Um detalhe: a maioria com notebooks da Apple. Por que? A Apple tem um programa educacional que fornece, nos Estados Unidos, notebooks a preços muito acessíveis para estudantes, professores e pesquisadores. E digo a vocês, pois tenho um notebook MacBook Pro, não há comparação com um PC, nem de perto, o macbook é muito superior.

Nas aulas de Ciberjornalismo que desenvolvo na UFRN temos um caminho incipiente nesse aspecto. Todos os alunos da disciplina têm, individualmente, computadores (desktop) pc, o que é uma grande melhoria em relação a muitos outros cursos. São computadores pc’s, afinal ninguém é perfeito.

O trabalho dos alunos de Ciberjornalismo, desenvolvido por meio do projeto Escola da Prática, da UFRN pode ser conferido em www.webjornalismo.jor.br.

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »